quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Pesquisa


O CVI-Aracy Nallin, em parceria com a Associação Mais Diferenças, com o Centro Colaborador da OMS e com o Centro Interdisciplinar de Aprimoramento e Pesquisa em Envelhecimento, está desenvolvendo a pesquisa "O envelhecimento das pessoas com deficiência", com financiamento da SEDH/CORDE.

Esta pesquisa surgiu a partir de uma série de questionamentos sobre as transformações no perfil da população com deficiência, principalmente após a publicação dos dados do censo do IBGE/2000, que constatou um aumento significativo de pessoas com deficiência a partir dos 55 anos de idade.

Nesta primeira fase da pesquisa será desenvolvido um instrumento de análise das condições de envelhecimento, com base nos princípios da CIF/OMS. Porém, para a validação desse instrumento, é preciso realizar uma pesquisa piloto com 31 pessoas com idade a partir de 55 anos e com, no mínimo, 10 anos de deficiência.

O projeto é de grande importância, pois possibilitará a realização de trabalhos que ampliem informações sobre o segmento, a fim de subsidiar a construção de políticas públicas que garantam a qualidade de vida dessa população.

Quem tiver interesse em participar, é só entrar em contato com Naira Rodrigues - nrfono@uol.com.br ou Fabiola Campillo - fabiola.fisio@uol.com.br

Um comentário:

eleonorarocha disse...

Minha irmã tem 52 (quase53), Síndrome de Down E, desde que ela chegou aos 40 que nos preocupamos com isso. Eu vivo reclamando que só se fala da inclusão da criança, adolescente e jovem adulto, nossas (os) mais velhos é como se não existissem. Gostaria de participar e colaborar com a questão do Envelhecimento da Pessoa com Deficiência. Aguardo retorno. Agradecida, Eleonora