quarta-feira, 22 de julho de 2009

Evento Lei de Cotas


A Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, do governo do estado de São Paulo promoverá no dia 24/07, sexta-feira, o workshop sobre a Lei de Cotas. "Lei de cotas - resgatando o passado, trabalhando o presente e construindo o futuro". O evento será realizado no auditório da sede da secretaria.

O workshop marcará a comemoração aos 18 anos da Lei que estabelece percentual mínimo entre 2% e 5% para a contratação de pessoas com deficiência por empresas brasileiras com mais de 100 funcionários.
O encontro contará com a participação de pessoas com deficiência que estão trabalhando no mercado formal e de representantes de organizações responsáveis por casos de sucesso na inclusão com qualidade. O objetivo é incentivar a implementação de novas ações de inclusão no Estado de São Paulo e no Brasil. Os participantes ajudarão a fazer um levantamento das principais conquistas e das eventuais dificuldades para o cumprimento da Lei de Cotas.
Quem quiser participar deve se inscrever pelo site http://pessoacomdeficiencia.sp.gov.br. Clicar na matéria “Lei de Cotas completa dezoito anos” e clicar no link para baixar a ficha de inscrição. Após preenchê-la, o interessado deve encaminhá-la para o e-mail ecidadania@ecidadania.org.br.
Lei de cotas - resgatando o passado, trabalhando o presente e construindo o futuro.
Sede da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência
Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 564, portão 10 - Barra Funda - São Paulo - SP - Próximo ao Metrô
Data: 24 de julho de 2009
Horário: das 9h às 12h

2 comentários:

Kal disse...

A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em São Paulo, a quem compete a fiscalização da Lei de Cotas, tem celebrado nos últimos anos a data alusiva à edição da referida lei. Neste ano em que ela completa sua maioridade (18 anos), esperamos, em conjunto com a Secretaria de Estado, o Espaço Cidadania e outras instituições que colaboraram na organização do evento a ser realizado no Memorial da América Latina, mais uma vez, chamar a atenção da sociedade para a luta pela inclusão e pelo combate ao preconceito e à discriminação. Apesar das dificuldades que todos conhecemos, alguns avanços são evidentes, como, por exemplo, o registro em nosso sistema de controle de mais 100.000 contratações realizadas em decorrência da fiscalização do Ministério do Trabalho em São Paulo.

Renato disse...

Essa lei é otima e garante uma tratamento igualitário para todos, mas infelizmente na prática o que se vê é muito diferente. Raramente empresas abrem vagas de emprego para deficientes físicos, o preconceito ainda existe em nossa sociedade... Mudando de assunto a revista dese mês está sensacional, parabéns a todos da redaçao.